Pesquisar no site


Contato

Raquel Elem
Rua Dq de Caxias, 1510
Av Treze de Maio, 541

Fone: (16) 3024-7206

E-mail: raquelelem@yahoo.com.br

A História da Dança de Salão

 Dança de salão refere-se a diversos tipos de danças a dois, executadas por um casal de dançarinos, dançando juntos. As danças de salão são praticadas socialmente, como forma de entretenimento, e competitivamente, como Desporto. São designadas, de modo amplo, como danças de salão qualquer modalidade de dança social a dois. No Brasil, algumas danças de salão são muito populares, entre elas: o forró, o samba de gafieira, o soltinho, o bolero, o tango, o zouk, a lambada, a salsa. Algumas danças de salão foram criadas no Brasil, como, por exemplo: o forró, o samba de gafieira, o maxixe, entre outras.

A dança de salão tem origem nos bailes das cortes reais européias, tomando forma na corte do Rei Luís XIV, na França. É possível que o abraço lateral venha do fato de que, na época, os soldados carregavam a espada no lado esquerdo, como é mostrado nas imagens de Il Ballarino, de Fabrittio Caroso. Também era evidente a postura clássica, ereta e com o torso fixo, como no balé, que tem a mesma origem.

A dança de casal foi levada pelos colonizadores para as diversas regiões das Américas, onde deu origem às muitas variedades, à medida que se mesclava às formas populares locais: tango na Argentina, maxixe, que deu origem ao samba de gafieira, no Brasil, a habanera, que deu origem a diversos ritmos cubanos, como a salsa, o bolero, a rumba etc.

Nos Estados Unidos, o swing surgiu de grupos negros dançando ao som de jazz no início dos anos vinte. As primeiras danças criadas foram o charleston e o lindy hop. Essas deram origem a vários outros tipos de danças americanas, como o jitterbug, o balboa, o west coast swing e o east coast swing. Existe uma versão brasileira semelhante ao swing chamada soltinho.

No Brasil, sete ritmos são os mais praticados, tanto nos bailes quanto nas escolas especializadas, sendo eles: bolero, soltinho, samba, forró, lambada/zouk, salsa e tango.

 

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 

Conheça abaixo a história de cada ritmo:

História dos Ritmos

Zouk

Zouk
Hoje em dia dançamos um estilo sensual de música que nos acostumamos a chamar de zouk e aprendemos que ele é um “parente” da lambada, ou como já ouvi muitas vezes, o chamamos de lambada francesa. Porém zouk e lambada tem uma história que é interessante conhecer, principalmente para os apaixonados...

Valsa

Valsa
  Segundo a história da valsa, esta nasceu em regiões campestres da Alemanha e Áustria e inicialmente só quem a praticava eram os camponeses simples destas regiões e rapidamente entrou como um verdadeiro furacão nos salões de baile da alta sociedade vienense onde, música e dança foi aceita de...

Tango

Tango
O Tango nasceu nos fins do século XIX derivado das misturas entre as formas musicais dos imigrantes italianos e espanhóis, dos crioulos descendentes dos conquistadores espanhóis que já habitavam os pampas e de um tipo de batuque dos negros chamado "Candombe". Há indícios de influência da "Habanera"...

Samba de Gafieira

Samba de Gafieira
Existem muitas opiniões diferentes entre pesquisadores sobre a origem do samba, porém a maioria concorda que as raízes vêm da mistura de influências africana e européia. Concordam, também, que a denominação genérica de batuque era dada para a dança e o ritmo com que os africanos mostravam a sua...

Samba Funkeado

Samba Funkeado
  O ritmo atualmente conhecido como “Samba Funkeado” é  um novo estilo, mais elaborado e ousado de Samba de Gafieira. Foi criado pelo professor e coreógrafo “Jimmy de Oliveira” do Rio de Janeiro. Mesmo o samba de gafieira tradicional não tem uma unidade padrão, e com isso a dança...

Pagode

Pagode
A palavra pagode no sentido corrente surgiu de festas em favelas e nos fundos de quintais cariocas que falavam sobre sentimentos (alegrias e tristezas) das pessoas que lá moravam. O pagode antigamente designava festas, reuniões para se compartilhar amizades, música, comida e bebida. Surge como...

Samba Rock

Samba Rock
O que é e de onde veio o "Samba-Rock" Como falta literatura específica sobre o assunto, a fonte mais fascinante sobre a história do Samba Rock são os depoimentos de quem viveu e vive dentro do ritmo, como os Djs e produtores dos bailes que mantiveram a música e a dança sempre vivas. Muitos...

Salsa

Salsa
Segundo o dicionário da Real Academia Espanhola, a salsa é uma composição ou mistura de diversas substâncias comestíveis diluídas, que se faz para adicionar ou condimentar as comidas. Mas na realidade, aqui não iremos falar deste tipo de salsa, mas sim de uma cujos ingredientes são "condimentos...

Cha-cha-chá

Cha-cha-chá
  Esta dança popular cubana de caráter festivo, derivada da primitiva seção rítmica mambo do danzón, foi criada pelo violinista Enrique Jorrín¹ , que popularizou o cha-cha-chá na década de cinquenta. O termo inspirou-se no som dos pés dos dançarinos quando deslizavam no chão, acabando por se...

Bolero

Bolero
  - Origem da palavra bolero Pequenas bolas, chamadas de "boleras", que ornamentavam os vestidos de dançarinas espanholas que imitavam bailados ciganos. - Principais intérpretes Lucho Gatica, Los Panchos, Bienvenido Granda, Trio Irakitan e, mais recentemente, Luiz Miguel e Glória...

Soltinho

Soltinho
Não sabemos ao certo como e quando o soltinho apareceu aqui no Brasil. Em nossa pesquisa encontramos a dança como uma variação do Eastern Country Swing Americano, com a diferença de o soltinho ter a marcação do passo básico para os dois lados. Também foi chamado em algumas fontes de swing ou rock...

Forró

Forró
Quem diria que um dia veríamos os jovens das grandes cidades brasileiras, acostumados a idolatrar artistas estrangeiros enlouquecidos por causa de um ritmo que até pouco tempo atrás sofria grande preconceito.....Pois, é isso o que está acontecendo com o forró, essa mistura “ altamente inflamável”...

Sertanejo Universitário

Sertanejo Universitário
Nos últimos anos, gêneros tradicionais da música brasileira foram adotados pelos jovens e receberam um novo alento. Samba e forró, por exemplo, ganharam uma vertente "universitária". O estilo sertanejo era candidato óbvio a entrar na história – e entrou. Existe hoje um sertanejo universitário,...